O Que E Outubro Rosa Saiba Mais Sobre A Campanha Contra O Cancer Roca Contabil

O QUE É OUTUBRO ROSA? SAIBA MAIS SOBRE A CAMPANHA CONTRA O CÂNCER

O QUE É OUTUBRO ROSA? SAIBA MAIS SOBRE A CAMPANHA CONTRA O CÂNCER

Entenda O Que É Outubro Rosa e Apoie a Campanha

O Outubro Rosa é um movimento que surgiu nos Estados Unidos no início dos anos 90, na época, uma organização de prevenção ao câncer de mama organizou um corrida de 5km para conscientizar a população sobre os riscos da doença.

Nesta corrida, chamada de Corrida Pela Cura, realizada em Nova Iorque, foram distribuídos laços rosas para os participantes.

Nos anos seguintes, a Corrida Pela Cura com distribuição dos laços rosas entrou no calendário de eventos.

O que é Outubro Rosa?

Em 1997 outras entidades passaram a organizar não só corridas, mas também desfiles de modas e outros eventos para divulgar a importância do diagnóstico precoce e acompanhamento médico para o tratamento do câncer de mama.

Os desfiles de moda eram realizados com mulheres que sobreviveram a doença.

Os laços rosas eram distribuídos durante estes eventos, que passaram a ser realizados em várias cidades dos Estados Unidos, tornando o laço rosa um símbolo da campanha, que passou a ser realizada com mais destaque no mês de outubro.

 

CONHEÇA O TRATAMENTO DE TUMORECTOMIA PARA O CÂNCER DE MAMA

O câncer de mama é uma doença que pode ser fatal. São milhões de mulheres no mundo que são vítimas da doença, que não se for tratada a tempo pode levar a morte em menos de 1 ano.

No Brasil, são registrados milhares de casos da doença, que é a segunda causa de morte entre mulheres, ficando atrás somente das doenças cardiovasculares.

A cura da doença vai depender do tipo de tumor e do estágio da doença quando for diagnosticado.

Quanto mais tempo demorar para iniciar o tratamento, piores são chances de cura da doença.

Os tratamentos mais comuns são a quimioterapia e a radioterapia e, em casos mais graves também pode ser realizada a cirurgia, para retirada do tumor.

Nestes casos é realizado um tratamento de quimioterapia para remissão do tumor, um tratamento de radioterapia para diminuir o tamanho e extensão do tumor e por fim a cirurgia para retirada do tumor quando estiver em tamanho adequado.

A cirurgia podem ser realizada de diferentes formas, retirando apenas o tumor ou retirando o tumor e partes do tecido mamário, ou até mesmo retirando toda a mama, em situações mais graves.

Cada cirurgia tem um nome específico, a retirada apenas do tumor é chamada de tumorectomia. A tumorectomia é uma cirurgia em que apenas o tumor e algum tecido circundante é removido.

A tumorectomia é a remoção do tumor da mama e alguns tecidos normais ao seu redor. É uma forma de cirurgia de “preservação de seio” ou “conservadora da mama”.

Tecnicamente, uma mastectomia é uma mastectomia parcial, porque parte do tecido mamário é removido, mas a quantidade de tecido removido pode variar muito.

A maioria das mulheres que passam por um tumorectomia, também são submetidas a radioterapia. Este procedimento é para eliminar quaisquer células cancerosas que podem desenvolver um novo câncer.

Em casos raros,  a mulher passa pela quimioterapia, pela radioterapia, daí faz a tumorectomia em seguida faz algumas outras sessões de quimioterapia e radioterapia.

Desta maneira, as chances de desenvolver um novo câncer é bem pequena, porém, ainda sim um câncer remanescente pode acontecer, principalmente em mulheres com o gene BRCA2.

Em algumas mulheres, pode desenvolver o câncer de mama e após a cura, surgir um novo câncer em outro órgão, sendo mais comum no colo de útero.

 

O Auto Exame da Mama Pode Te Ajudar a Identificar Sintomas do Câncer de Mama

 

O câncer de mama é uma doença que pode ser muito agressiva em alguns casos, principalmente se demorar o diagnóstico e o tratamento.

Nestes casos, apenas a radioterapia e a quimioterapia podem não ser mais suficientes para eliminar o tumor. E em casos ainda mais graves, o tumor pode estar pre disposto a desenvolver uma metástase.

Com isso, é necessário realizar o ultimo requisito no tratamento da doença, um tratamento mais agressivo: uma cirurgia.

O objetivo da cirurgia de câncer de mama é remover o tumor e alguns tecidos saudáveis  ao redor do tumor. O cirurgião vai tentar salvar o máximo do seio, mas em alguns casos, deve ser removida toda a mama.

Este é o tipo de tratamento mais temido pelas mulheres com câncer, até mesmo mais temido do que a própria doença.

Quando alguém diz que está com câncer de mama, em algumas mulheres a primeira coisa que vem a cabeça é a perda de parte do seio ou mesmo seio completo, antes mesmo de pensar que é uma doença fatal.

Existem diferentes tipos de cirurgia no tratamento do câncer de mama, a maioria das mulheres que tem um estágio avançado de tumor na mama, costuma receber um tratamento de quimioterapia para o tumor não aumentar, um tratamento de radioterapia para o tumor diminuir e assim quando estiver em um determinado tamanho é realizada a cirurgia na mama, para retirada deste tumor.

 

OS 5 TIPOS DE CIRURGIA DE CÂNCER DE MAMA

Saiba Como Identificar os Sintomas Iniciais do Câncer de Mama

 

O câncer de mama é uma doença muito complicada, além de ser uma doença fatal, o risco de perder um seio através do tratamento, faz do câncer de mama a doença mais temida pelas mulheres.

Por isso, qualquer sintoma da doença é muito importante a procura imediata por acompanhamento médico.

No entanto, algumas mulheres ao perceberem algo diferente nas mamas, tendem a querer ignorar, por medo de ser alguma doença grave.

Este fato é o mais complicado para o tratamento da doença. Grande parte da população tem medo de descobrir um tumor, seja qual for, e quando o risco é um câncer de mama, as mulheres, principais afetadas pela doença, não querem descobrir que tem câncer.

Apenas uma pequena parte das mulheres, que tem risco de desenvolver a doença, fazem acompanhamento médico regular, realizando o exame de mamografia uma vez ao ano.

Quanto mais cedo descobrir a doença, mais rápido e mais eficiente será o tratamento, aumentando a possibilidade de cura do câncer de mama.

Algumas mulheres sentem uma dor aguda em um dos seios, já imaginando algo grave.

A possibilidade de ser um nódulo varia. Mulheres com alto risco da doença, como ter histórico familiar da doença, obesidade, diabetes, consumo de álcool, podem ter mais chances desta dor ser um nódulo, assim como também pode ser outra situação, por isso é tão importante procurar acompanhamento médico.

 

Se caso for um câncer de mama na fase inicial, a detecção precoce pode salvar a vida da mulher.

#Passo 1

Comece olhando para seus seios no espelho com os ombros em linha reta e os braços em seus quadris. É preciso notar qualquer alteração na cor dos seios, na forma e no tamanho.

#Passo 2

Agora, levante os braços e procurar as mesmas alterações.

#Passo 3

Enquanto você está no espelho, procure por sinais de secreção saindo de um ou ambos os mamilos (isto pode ser um líquido aquoso, leitoso ou amarelo ou mesmo sangue).

#Passo 4

Em seguida, sentia seus seios enquanto estiver deitada, usando sua mão direita para sentir seu seio esquerdo e, em seguida, a mão esquerda para sentir seu seio direito. Use um toque suave e um movimento circular.

#Passo 5

Finalmente, sentia seus seios enquanto você está em pé ou sentada. Muitas mulheres acham que a maneira mais fácil de sentir seus seios é quando sua pele está molhada e escorregadia, então elas gostam de fazer este passo no chuveiro. Use os mesmos movimentos conforme o passo 4.

Entenda Mais Sobre o Câncer de Mama e Seus Tipos

 

O câncer de mama é uma doença que atinge milhares de brasileiros, afetando em maior número as mulheres, mas apesar de ser uma doença fatal, tem grandes chances de cura se diagnosticada precocemente, pois o tratamento se torna mais eficaz.

Independente do tratamento, sendo realizado com quimioterapia, radioterapia ou cirurgia, a maneira de curar é sem dúvida a descoberta o mais rápido possível.

Por isso, a mamografia é tão importante. O exame de mamografia é capaz de visualizar o tumor no seu início, mesmo em tamanho milimétrico.

O tumor na mama pode se desenvolver em várias partes, com isso os tipos de câncer de mama são classificados de acordo com as diferentes áreas da mama que o o tumor se desenvolve, como os ductos, os lóbulos ou o tecido da mamário, por exemplo.

Durante o diagnóstico, através das imagens da mamografia e outros métodos, são analisados onde o tumor se iniciou, para a partir daí começar a escolha do tratamento.

Conhecer os diferentes tipos do câncer é importante por conta disso, para avaliar o melhor tratamento de acordo com o local onde o tumor se desenvolveu e o tamanho do tumor. Confira agora quais são:

 

Tipos de Câncer de Mama – quais tipos câncer na mama

 

Os tipos de câncer de mama são chamados de nomes técnicos, normalmente apenas profissionais da área da saúde conseguem identificar o tipo conforme o seu nome.

Por isso, não se assuste em ler algum nome estranho, daqueles de dar medo, no seu exame de diagnóstico de câncer de mama. Mesmo tenho nome assustadores, não quer dizer que o estágio da doença seja grave.

Os tipos são identificados por siglas, que significam o nome de cada tipo, onde o tumor iniciou e também o estado do tumor de acordo com os exames de diagnóstico. Veja os principais tipos de câncer de mama:

CDIS — O Carcinoma Ductal In Situ

CDI — Carcinoma Ductal Invasivo

CLI — Carcinoma Lobular Invasivo

CI – Câncer de Mama Inflamatório

CLIS — O Carcinoma Lobular In Situ

Câncer de Mama Masculino

Doença de Paget do Mamilo

Filóide da Mama

Câncer de Mama Metastático e Recorrentes

Todos estes tipos do câncer são tratáveis, o Câncer Ductal Invasivo ainda se divide em subtipos, é o único que tem subdivisões, que são:

Carcinoma Tubular de Mama

Carcinoma Medular da Mama

Carcinoma da Mama Mucinoso

Carcinoma Papilar da Mama

Carcinoma da Mama Cribiforme

O tipo de câncer de mama mais temido é o Metastático e Recorrentes.

O Metastático é o tipo de câncer se espalha para outros tecidos do corpo, quando isso acontece, o tratamento fica mais difícil, pois com câncer em vários órgãos, a sobrevida do paciente fica comprometida.

O Recorrente acontece quando um paciente é tratado do câncer e alguns anos depois, o câncer retorna ao mesmo órgão afetado, no caso da mama, existem casos da outra mama ser afetada depois da primeira mama ser tratada.

 

8 ALIMENTOS QUE PREVINEM O CÂNCER DE MAMA

 

Conheças os Alimentos que Previnem o Câncer de Mama Mesmo Em Pessoas Dentro do Grupo de Risco

O câncer de mama é uma das doenças mais temidas pela população, principalmente pelas mulheres, apesar de afetar também os homens, os casos são raros, enquanto milhares de mulheres são vítimas da doença todos os anos.

Em 2015 são registrados quase 60 mil novos casos da doença. O câncer de mama pode ser fatal, se não for tratado a tempo.

O tratamento da doença pode ser muito agressivo, outro fator que preocupa as mulheres.

Os tratamentos para o câncer de mama podem ser através de radioterapia, um tratamento com radiação ionizante, que tem como seu principal efeito colateral as queimaduras na pele.

A quimioterapia, tratamento com medicamentos fortes que deixa as mulheres muito debilitadas.

E o a cirurgia, que é a retirada do tumor junto com tecido mamário, podendo parcial ou total, o que deixa as mulheres muito preocupadas, por conta da estética e ter um corpo mutilado.

Existem vários fatores que fazem com que algumas pessoas entrem para o grupo de risco de desenvolver o câncer de mama.

O principal destes fatores é o histórico familiar da doença, além da idade, excesso de álcool, cigarro, obesidade e sedentarismo.

Mesmo com alto risco de desenvolver a doença existem várias formas de prevenção.

As principais manerias de prevenção do câncer de mama são mudanças nos hábitos do dia a dia, como a prática de exercícios físicos e evitar ingerir álcool.

A boa alimentação é uma importante atitude na prevenção do câncer de mama. Confira agora 8 alimentos fundamentais na prevenção do câncer de mama.

#1 – Peixes

Os peixes são ricos em ômega 3 e 6, duas substâncias muito importantes para o organismo.

Ajudam a controlar o colesterol e evitam doenças cardíacas. Sendo fundamental para prevenir o câncer de mama.

 

#2 – Cereais

Os cereais como linhaça, aveia, chia possuem muitas fibras que ajudam na absorção de gordura. Além de eliminar as toxinas e radicais livres, que podem desenvolver o câncer de mama.

#3 – Brócolis

O brócolis é possui uma substância chamada sulforano, que elimina substâncias que podem originar várias células cancerígenas. Sendo um dos alimentos mais importantes na prevenção do câncer de mama.

#4 – Cenoura

A cenoura é rica em uma substância chamada betacaroteno, que é muito importante para o organismo, prevenindo diversas doenças, entre elas o câncer de mama.

O betacaroteno também ajuda a eliminar os radicais livres.

#5 – Frutas Vermelhas

As frutas são muito importantes para o bem estar do organismo e previnem muitas doenças. Frutas como morango, framboesa e amora ajudam a eliminar os radicais livres, como os cereais.

#6-  Ovos

Os ovos são ricos em colina, uma substância que, de acordo com especialistas, está associada a uma grande redução do câncer de mama.

#7 – Feijão

O feijão é rico em ferro, fibras e vários nutrientes que melhoram a saúde das células.

 

Quanto mais saudáveis, menores os riscos do desenvolvimento do câncer de mama.

#8 – Romã

O romã é uma fruta com sementes que podem ajudar na prevenção do câncer de mama.

As sementes de romã tem uma substância chamada ácido elágico, que inibe enzimas que podem desenvolver o câncer de mama.

Extraido de:

http://dicasdesaude.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *