Minimercado Mercado

Mercado de Bairro (Mercadinho)

O mercado de vizinhança (bairro), com até 4 check outs, é responsável por 35% do volume total de vendas do setor de varejo de auto serviço, possuindo aproximadamente 70 mil estabelecimentos espalhados pelo Brasil.

O Estudo Setorial Minimercados…

… Demonstra ainda que os minimercados juntamente com as lojas de 5 a 9 check outs respondem por 56% das vendas de todos os mercados. Estes números destacam a força deste segmento.

A Associação Brasileira de Supermercados – Abras, em pesquisa realizada pela consultoria GFK, informa ainda que o faturamento médio mensal dos minimercados em 2012 foi de R$ 139.000,00.

minimercado 3

O porte, localização e quantidade de itens…

… Refletem diretamente neste faturamento, onde 35% dos minimercados faturam acima de R$ 200 mil/mês, 15% entre R$ 50 mil e R$ 100 mil/mês e outros 15% faturam até 50 mil/mês.

Estes números correspondem ao melhor desempenho dos últimos quinze anos, e a perspectiva é de uma elevação de 4,5% no comércio varejista, apesar da estabilidade na expansão do comércio.

Outra informação muito interessante é relacionada a hábitos e gastos dos consumidores…

… Onde a melhoria da renda do brasileiro e o controle da Inflação também refletem em mudança de hábitos e tendências que precisam ser acompanhadas, como a dos consumidores que procuram produtos mais saudáveis e vão com uma maior frequência ao supermercado, deixando de estocar produtos em casa.

Isto reflete uma maior atividade nas compras, que oferece um tíquete médio de R$ 42,00, na compra de itens de necessidade diária, sendo em sua maioria, produtos de mercearia, açougue, padaria, frios, laticínios e hortifruti, que correspondem a 60% do faturamento do mercadinho, conforme estudo da GFK.

Como característica consolidada…

… Observa-se uma expressiva demanda dos consumidores por lojas compactas e com bom nível de serviço, que oferecem comodidade, praticidade e agilidade.

É um fenômeno que tem se desenvolvido nos últimos anos e que ganha mais força, especialmente, quando as redes de médio e grande porte apostaram nos modelos de lojas mais compactas.

Próximo Capítulo: 3 – Localização >

Fonte: Sebrae

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *