Como Montar Uma Panificadora Post (1) - Roca Contábil

Aprenda como montar uma panificadora!

Aprenda como montar uma panificadora: um guia simplificado para que você tenha um empreendimento de sucesso!

 

Quem é que não se encanta com aquele cheiro de pão quentinho saindo do forno e não se sente atraído quando passa em frente a uma padaria?

Atualmente empreendedores que tem decidido montar uma panificadora, também têm servido nesse estabelecimento diversos tipos de alimentos como sucos, sorvetes, salgadinhos, e uma pluralidade de bolos, doces e pães.

Mas você como montar uma panificadora?

Acompanhe o conteúdo e entenda tudo o que deve ser levado em conta para que você possa iniciar seu empreendimento e comece a lucrar muito!

O ponto de partida…

Assim como em qualquer outro negócio, para você abrir uma panificadora é necessário analisar o mercado e elaborar um bom plano de negócios, afinal, é este que vai direcionar suas ações e, principalmente os investimentos devidos para abertura do empreendimento.

Os seguintes pontos deverão constar em seu plano de negócios: 

  • O público-alvo.
  • Localização.
  • Estudo de mercado.
  • Investimento inicial.
  • Capital de giro.
  • Diferencial.
  • Produtos a serem ofertados.
  • Equipe.
  • Sociedade, etc.

Porém, é conveniente que haja o apoio de uma competente contabilidade para panificadoras, pois esse processo exige conhecimento específico do ramo de atividade, facilitando os trâmites da legalização.

Tipo societário e o regime de tributação para montar uma panificadora

Os tipos societários mais comuns são:

  • Empresário Individual (EI).
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELE).
  • Sociedade Simples.
  • Sociedade Limitada.

Em relação ao regime tributário para panificadora os principais são:

  • Lucro Presumido.
  • Lucro Real.
  • E Simples Nacional.

Cada um destes regimes de tributação, por sua vez, delimita a relação da sua empresa com a Receita Federal

A escolha mais adequada é de fundamental importância, já que faz parte do planejamento tributário de sua panificadora, que é uma forma legalizada de efetuar a diminuição da carga tributária em suas atividades. 

E qual é o empreendedor que não quer economizar com impostos?

Novamente, entra aqui a importância de uma contabilidade, onde o contador é responsável por executar, juntamente com a coleta de dados informada por você, empreendedor, qual é o melhor regime tributário para a sua panificadora.

As exigências legais para montar uma panificadora

  • Registro na Junta Comercial.
  • Registro na Secretaria Estadual da Fazenda.
  • Registro na Secretaria da Receita Federal para obtenção do CNPJ da panificadora.
  • Alvará de funcionamento na Prefeitura Municipal.
  • Cadastro na Caixa Econômica Federal no sistema “Conectividade Social – FGTS/INSS”.
  • Alvará do Corpo de Bombeiros.
  • Alvará de licença sanitária.
  • Enquadramento de sua empresa na Entidade Sindical Patronal em que ela se enquadra.

Observação: as empresas de pequeno porte e as microempresas optantes pelo Simples Nacional ficam isentas do pagamento da Contribuição Sindical Patronal, conforme o § 3º do art. 13 da Lei Complementar 123/2006.

Finalmente, montar uma panificadora de sucesso exige que, você, empresário, tenha ao seu lado o indispensável apoio de uma assessoria contábil especializada.

Essa assessoria é extremamente útil para te ajudar a conduzir os negócios, mantendo o fluxo de caixa sempre correto e atualizado, e garantindo que a sua panificadora se torne SUSTENTÁVEL e LUCRATIVA.

Confira Nossos Servicos Gif - Roca Contábil

Venha conversar conosco! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *