Efd Reinf (11) - Contabilidade No Morumbi - SP | Roca Contábil

Pareto na Padaria – Regra 80/20 – A Regra de Ouro

A Lei de Pareto consiste na Análise dos 20% de itens que geralmente correspondem 80% faturamento analisado. Para uma análise prática dentro de uma padaria vamos dividir áreas a serem analisadas:

• Produção: Quais são os produtos fabricados que constituem 80% do faturamento total deste setor? Para entender melhor esta análise acompanhe as vendas por período.

Quando se há um sistema de gestão apurado é possível através da curva ABC de Vendas requerer os itens vendidos. Ordene-os do maior valor para o menor criando um parâmetro de análise. (Obs. Leve em consideração itens sazonais que são vendidos em datas especiais que geralmente não mantém o mesmo comportamento de vendas dentro do período total).

• Revenda: Quais são os 20% de itens de revenda que mais se aproximam a 80% do valor vendido no período no setor? Da mesma forma analise as vendas pelo relatório de vendas maior para o menor criando novamente critérios de apuração e levando em consideração analise especifica de itens sazonais.
Além de entendermos quais são os produtos destes grupos que sustentam o faturamento destes setores, esta análise permite entender se possuímos rupturas de produtos, qual a visibilidade de produtos na loja, a aceitação dos produtos pelo consumidor, se há ausência de ações marketing de divulgação interna e externa, se os colaboradores necessitam de treinamento para vender os produtos, se os itens deves ser mantidos ou retirados do Mix, facilita a comparação de vendas com
perdas, dentre outras situações.

• Compras: Averigue através do relatório ABC de compras quais os 20% dos itens que constituem maior parte (80%) do pagamento aos fornecedores:

Matéria Prima e Revenda.
Compreendemos nesta opção quais produtos devemos nos dedicar mais a cotação, buscar bonificações, capacidade de armazenamento, combate a perdas, busca de novos fornecedores,
cronograma de entregas, rupturas, etc…

• Folha de Pagamento: Acompanhe com mais afinco a produtividade dos 20% dos colaboradores que representam da sua folha de Pagamento. Geralmente são: Gerentes, coordenadores, supervisores, mão de obra especializada, etc…

Averiguamos nesta situação qual o grau de desempenho dos colaboradores dentro da organização, se suas agendas de trabalho são cumpridas, se são capazes de liderar e formar as equipes para os resultados, se sabem gerir o próprio trabalho e acompanham a produtividade e eficiência dos colaboradores de seu setor, qual metodologia utilizam, se conseguem analisar processos e melhora-los, se necessitam ser treinados para atuação mais ampla.

 

Fonte: Fábio Marques
Consultor em
Gestão de Empresas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *